domingo, 17 de agosto de 2008

Todos os dias eu fico à tua espera
Camisola ao vento
Batom ao relento
Olhar de quimera

Um comentário:

Luiza disse...

imagino cenas bonitas com teus textos.
gosto muito. :D